Voltar ao topo

Zannt

Conforme escrevi no texto anterior, acredito que a base para qualquer negócio é um motivo (porque) forte, coerente e alinhado ao criador do negócio. Apenas uma boa e inovadora ideia não fará com que seu negócio efetivamente aconteça, já que hoje é questão de tempo que ela seja replicada.

Frequentemente, leio textos que falam do empreendedorismo como se fosse a salvação para frustrações (como carreira em declínio ou insatisfação pessoal). Estou na jornada empreendedora na moda há quatro anos e, algo que aprendi, é que a maioria das pessoas não tem a capacidade emocional e força de vontade suficiente para ser empreendedor.

Trabalhar para si é difícil, exige muita disciplina com horários e principalmente muito equilíbrio emocional. Boa parte do tempo terá que lidar com muitas informações e tarefas não prazerosas, como pagamentos e questões fiscais.

Outro fator muito importante para ter um negócio é estar rodeadas de pessoas que realmente aprovem seu projeto e acreditem nele. Acontecerão muitos momentos de dúvida e insegurança, e é fundamental ter alguém que te apoiem nesses momentos.

Uma dica, que se encaixa perfeitamente no negócio de moda é: não se compare. Entenda que cada marca tem um posicionamento, uma história e uma forma de trabalhar (novamente, por isso o porque é tão importante, ele te dará confiança para continuar).

É fundamental montar um planejamento financeiro de pelo menos dois anos ao decidir abrir uma marca, já que ela demorará pelo menos três coleções para dar resultados efetivos. Outro ponto é, saiba quem é seu público e faça uma pesquisa simples de mercado, para entender as reais necessidades de quem irá usar o que você faz.

Fernanda Zanuto – Diretora criativa Zannt Beachwear